ARQUIDIOCESE
de Pouso Alegre

Comissão Arquidiocesana de Pastoral se reúne pela primeira vez depois do início da pandemia - por Pe. Andrey Nicioli


A manhã deste sábado (27) marcou a primeira reunião virtual do Conselho Arquidiocesano de Pastoral (CAP) da arquidiocese de Pouso Alegre. A reunião foi conduzida pelo coordenador de pastoral, padre Edson Aparecido da Silva, e contou com a participação do arcebispo, dom José Luiz Majella Delgado - C.Ss.R. Participam da reunião coordenadores de pastorais e movimentos, coordenadores dos Cosepa's e padres assessores de cada pastoral. 

Como motivação e conversa inicial, padre Edson relembrou uma frase do papa Francisco: "A misericórdia não abandona quem fica para trás. Agora, enquanto pensamos numa lenta e difícil retomada da pandemia, se insinua esse perigo: esquecer quem ficou para trás. O risco é que nos atinja um vírus ainda pior, aquele do egoísmo indiferente. Ele é transmitido a partir da ideia de que a vida melhora se melhorar para mim, que tudo ficará bem, se ficar bem para mim". 

Durante a reunião, além das partilhas e das atividade realizadas, reforçou-se a necessidade do uso dos meios de comunicação e mídias sociais para se chegar até as pessoas, principalmente aos moradores das zonas rurais e pessoas mais carentes.  

Também foi repassado aos participantes as orientações gerais para o processo bíblico-catequético (infanto e juvenil, adulto e batismal) neste tempo de pandemia, que, mesmo com o disntaciamento social, os catequistas não podem perder a motivação de continuarem a ser sinais de esperança na vida de tantas pessoas às quais educam no seguimento de Cristo, alimentando sua fé nestes tempos tão difíceis. Porém, não se pode esquecer o papel da família nesse processo catequético. (DOWNLOAD DA MENSAGEM AQUI)

"Catequizar é ser presença evangelizadora na vida de nossos irmãos, missão esta que cabe àqueles que foram chamados para esse ministério de fazer ecoar ao mundo a Boa Nova da salvação e da vida. No entanto, sabemos que essa missão é primordialmente da família, chamada a ser Igreja doméstica. Esta missão dos pais cristãos tem suas raízes no batismo de cada um de seus membros e recebe da graça sacramental do matrimônio uma renovada força para transmitir a fé, para santificar o mundo e transformar a sociedade atual, segundo o desígnio de Deus. Este tempo de recolhimento social tem nos levado a pensar na importância de se valorizar a família como lugar essencial de catequese e de evangelização", traz a carta. 

Sobre a catequese batismal, reforçou-se que apenas os batismos de urgência podem ser realizados, conforme decreto do arcebispo. Já à catequese infanto-juvenil, lembrou-se da necessidade dos catequistas de continuarem a manter contato com seus catequizandos através das redes sociais. Há também os materiais litúrgicos elaborados pela arquidiocese, que favorece a oração e a reflexão em família. 

"Não se trata apenas de 'entregar' conteúdos para que o catequizando esteja apto a receber ou ser admitido aos sacramentos. Mesmo que estejam acontecendo encontros on-line, e que bom que acontecem, eles não serão contados como encontro presencial. Os encontros presenciais deverão ser retomados, assim que nos for permitido pelas autoridades competentes, de onde pararam antes da pandemia e/ou iniciá-los no caso de novas turmas". 

Tanto as Primeiras Eucaristias e Crismas deverão ser reagendas, assim que possível e seguindo todas as orientações necessárias. Aos participantes da catequese de adultos, incentivou-se a perseverança na escuta da Palavra de Deus, na comunhão fraterna e na solidariedade. Áudios têm sido enviados semanalmente aos catequizandos desta etapa. 

Dom Majella e padre Edson também lembraram da missa celebrada em Aparecida no dia 4 de julho, por ocasião dos 120 anos da arquidiocese de Pouso Alegre. Nesta data estava agendada a romaria arquidiocesana, porém, apenas 12 padres se farão presentes no Santuário Nacional, durante missa presidida pelo arcebispo metropolitano. Os fiéis devem ser incentivados a acompanharem pelos meios de comunicação, em suas casas. A missa será transmitida pelas rádios Difusora Hd e Paraíso FM, e também pela TV Aparecida, às 9h. 

A Pastoral familiar também falou do aplicativo no qual as famílias poderão acessar os materiais para a Semana Nacional da Família. O app, disponível para Android e IOS, chama-se ESTANTE PASTORAL FAMILIAR. Dom Majella também comunicou que as atividades referentes ao Sínodo Arquidiocesano anotadas para este segundo semestre foram adiadas para 2021. As celebrações dos 120 anos da arquidiocese também serão reforçadas através dos meios de comunicação e mídias sociais. 

 

 

 

 

 

 

 

 

Publicado no dia 27/06/2020