ARQUIDIOCESE
de Pouso Alegre

Bispos referencias para a Liturgia criam Pastoral do Artista Sacro - por Pe. Andrey Nicioli


A Comissão Episcopal Pastoral para a Liturgia da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) esteve reunida com os bispos referenciais de Liturgia nos regionais em um encontro na sede das Pontifícias Obras Missionárias (POM), em Brasília (DF), entre os dias 21 e 23 de agosto. O Arcebispo Metropolitano de Pouso Alegre, Dom José Luiz Majella Delgado - C.Ss.R., participou do encontro, já que é o referencial da Província Eclesiástica de Pouso Alegre. 

Na ocasião, os bispos referenciais dos regionais aprovaram a criação da Pastoral do Artista Sacro, trabalho a ser articulado pelo setor Espaço Litúrgico e que terá a missão de reunir todos os envolvidos na arte a serviço da liturgia. O projeto e o primeiro encontro deverá acontecer durante o 11º Encontro Nacional de Arquitetura e Arte Sacra, que será realizado de 19 a 23 de setembro, na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), em Curitiba (PR). Para que seja efetivamente colocada em prática, a Patoral deverá passar ainda pelo aval do Conselho Permanente da CNBB.

O grupo partilhou a caminhada litúrgica nos regionais, relatando as ações e desafios enfrentados por cada comissão. Além de estudar e refletir numa perspectiva litúrgica o recém-publicado Documento 107 da CNBB, sobre Iniciação à Vida Cristã, e a formação litúrgica a partir da nova Ratio Fundamentalis sobre a formação dos novos presbíteros.

Também foi refletida a formação litúrgico-musical nos seminários, a organização do setor de Espaço Litúrgico nos regionais, além de diversos outros assuntos pertinentes à ação pastoral litúrgica da Igreja no Brasil.

A Comissão Episcopal Pastoral para Liturgia da CNBB é presidida pelo bispo de Livramento de Nossa Senhora (BA), dom Armando Bucciol, e composta pelos bispos de Paranaguá (PR), dom Edmar Peron, e o arcebispo de Londrina (PR), dom Geremias Steinmetz. Também fazem parte da comissão os assessores dos três setores: frei Faustino Paludo, da Pastoral Litúrgica; padre Thiago Faccini Paro, do Espaço Litúrgico; e o irmão Fernando Vieira, da Música Litúrgica. 

 

 

 

 

 

Publicado no dia 24/08/2017