ARQUIDIOCESE
de Pouso Alegre

Eleições 2018: vídeos e áudios contribuem para a formação cidadã dos fiéis - por Pe. Andrey Nicioli


Representantes das Províncias Eclesiásticas de Belo Horizonte, Diamantina e Mariana se reuniram na PUC Minas e planejaram ações com o objetivo de contribuir para a formação cidadã, visando o processo eleitoral 2018. Durante o encontro, foi definida a elaboração e distribuição de diferentes materiais audiovisuais, que serão disponibilizados para todas as comunidades de fé e meios de comunicação, comprometidos com a qualificação da democracia no Brasil.

Integram o conjunto de produções audiovisuais a série de vídeos produzidos pelo Núcleo de Estudos Sociopolíticos da PUC Minas, instituição da Arquidiocese de Belo Horizonte, além de pequenos vídeos e programas radiofônicos planejados pela Rede Catedral de Comunicação Católica – TV Horizonte e Rádio América, emissoras dedicadas à evangelização e à educação em Minas Gerais.

Em uma carta enviada aos bispos do Regional Leste 2 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), o bispo de Divinópolis, Dom José Carlos, afirma que todo o conteúdo das mensagens relaciona-se com temas importantes para o qualificado exercício da cidadania: democracia, o voto e as suas consequências, o perfil dos candidatos, os perigos das fake news (notícias falsas)elementos da Doutrina Social da Igreja e palavras do Papa Francisco.

"Em nossa Assembleia do Conselho Regional de Pastoral do Leste 2, realizada no mês de junho de 2018, propusemo-nos a contribuir na formação da consciência cidadã, considerando a importância da participação de cristãos leigos e leigas no processo eleitoral. Uma das iniciativas, para efetivar este compromisso, deveria ser a produção de conteúdos para diferentes mídias, sempre fundamentados na Doutrina Social da Igreja, para ajudar nos discernimentos neste momento de exercício da democracia. Diante desse propósito, representantes das cinco (arqui)dioceses da Província Eclesiástica de Belo Horizonte – Sete Lagoas, Oliveira, Luz e Divinópolis – reuniram-se na PUC Minas para definir um planejamento desta iniciativa. Participaram desse encontro integrantes das PASCOMs, assessorias de comunicação e profissionais de comunicação diocesanos, com a presença ainda de representantes das Províncias Eclesiásticas de Mariana e Diamantina", escreveu.

Dom José Carlos finaliza: "Com este trabalho, “não queremos e não vamos nos sobrepor às consciências, indicando em quem votar, mas nos comprometemos em oferecer elementos e subsídios para o necessário discernimento neste contexto eleitoral. O Evangelho, fonte inspiradora da Doutrina Social da Igreja, é o critério a partir do qual queremos pensar a política e os políticos”.

Vídeo 1: Democracia que queremos

 

 

 

Publicado no dia 11/07/2018