ARQUIDIOCESE
de Pouso Alegre

Há 5 anos dom Majella era nomeado arcebispo da Arquidiocese de Pouso Alegre - por Pe. Andrey Nicioli


Há exatos cinco anos, em 28 de maio de 2014, o Papa Francisco nomeava dom José Luiz Majella Delgado - C.Ss.R. como quarto arcebispo da Arquidiocese de Pouso Alegre. Até então bispo de Jataí (GO), dom Majella tomou posse de sua nova Igreja Particular no dia 2 de agosto do mesmo ano. 

Em seu primeiro comunicado à Arquidiocese de Pouso Alegre, dom Majella se disse animado diante desse novo desafio, mas "confiando na graça de Deus, coloco-me inteiramente à disposição de todos, para servir por amor (cf. Gl 5,13) na medida de minhas forças. Já os trago no meu coração de pastor".

Em sua saudação, o novo arcebispo cumprimentou dom Ricardo Pedro Chaves Pinto Filho - Opraem., seu predecessor, que tinha se tornado emérito também no dia 28. 

 

Leia a primeira mensagem de dom Majella à Arquidiocese de Pouso Alegre

Querido povo da Arquidiocese de Pouso Alegre

A vocês, graça e paz da parte de Deus Pai e de Nosso Senhor Jesus Cristo.

A Providência de Deus me envia hoje para ser o novo Arcebispo de Pouso Alegre. Agradeço a confiança da Igreja que, através do Papa Francisco, me confia tão alta missão. Acolho o compromisso de caminhar à frente desta Igreja particular com humildade, alegria, fé, esperança e vontade de trabalhar, de andar junto com cada irmão e irmã. Sempre disposto a servir por amor (cf. Gl 5,13).

Saúdo a todos com emoção e alegria, invocando sobre a família arquidiocesana as bênçãos de Deus. Saúdo, de maneira especial, Dom Ricardo Pedro Chaves Pinto Filho, OPraem, até a presente data Arcebispo de Pouso Alegre e que hoje passa ser nosso querido Arcebispo Emérito.

Saúdo, com respeito, as autoridades e todas as pessoas que têm responsabilidades públicas; abraço os padres e diáconos, religiosas e religiosos, os seminaristas, as lideranças do laicato e todo o querido povo das comunidades da Arquidiocese. Saúdo com carinho os doentes, os pobres e todos aqueles que carregam uma pesada cruz de sofrimentos; peço que Deus os conforte e assista.

A Diocese de Pouso Alegre foi criada em 1900 pelo Papa Leão XIII, desmembrada das então Dioceses de Mariana e São Paulo. Em 1962 o Papa João XXIII a elevou à Arquidiocese e Sede Metropolitana. Foi construída por gente idealista, trabalhadora e com espírito missionário. Grandes e santos pastores governaram esta nossa Arquidiocese.

Animado por tão insignes exemplos de dedicação e confiando na graça de Deus, coloco-me inteiramente à disposição de todos, para servir por amor (cf. Gl 5,13) na medida de minhas forças. Já os trago no meu coração de pastor.

Já se aproxima a celebração de Pentecostes. Festa consagrada pela vinda do Espírito Santo. A Igreja reunida então numa casa recebeu o Espírito Santo. Era pequena, mas estava presente nas línguas do mundo inteiro. Começou a missão de testemunhas e mensageiros do Evangelho. Às comunidades e as famílias reunidas que se preparam para celebrar a vinda do Espírito Santo, convido a exultarem de alegria festiva, conservando a caridade, amando a verdade e desejando a unidade. Ensina-nos o Papa Francisco que “a missão do Espírito Santo é a de “criar harmonia” e “obrar a paz” em todo contexto humano”. Cultivemos, pois, a unidade e a concórdia. Peçamos que o Espírito prepare o nosso coração e nos fortaleça interiormente, concedendo-nos a abundância da sua misericórdia.

Rezem por mim! Que o Divino Espírito Santo nos conceda proteção e fecundidade. Confiemos humildemente à intercessão da Santíssima Virgem Maria e de São Sebastião, padroeiro da nossa Arquidiocese, os nossos futuros passos rumo à unidade da Igreja e à construção do Reino.  Deus os abençoe e guarde!

Dom José Luiz Majella Delgado C.Ss.R.

Arcebispo nomeado de Pouso Alegre – MG

Jataí, 28 de maio de 2014

 

 

Publicado no dia 28/05/2019